Skip to content

No jogo mais disputado das quartas, Castelo derruba atual campeão nos pênaltis

10/02/2011

Tom fez dois gols e ajudou a levar Castelo à semi

Atlético do Cangaíba lutava pelo bicampeonato, mas caiu após empate por 5 a 5

Castelo e Atlético do Cangaíba fizeram, de longe, o jogo mais disputado das quartas de final da Copa Montana 2011. A partida, realizada no último domingo, 6, no João do Pulo, colocou frente a frente um dos melhores ataques da competição e o atual campeão do torneio. Após um emocionante empate em 5 a 5, o time de Itaquera levou a melhor na disputa de pênaltis (6 a 5) e segue firme na briga pelo título.

Mas quem começou melhor a partida foi o Atlético, que trabalhava a bola e buscava uma brecha na bem postada formação defensiva do Castelo. Aos 3 minutos Tom aproveitou um vacilo do Atlético e abriu o placar para o time de Itaquera: 1 a 0.

A partir daí o time do Cangaíba passou a provar do próprio veneno. Na frente do placar, o Castelo se defendia bem e assustava em todos os contra-ataques.

Em um lance despretensioso o Atlético quase empatou. Cabeça tentou isolar a bola, mas ela pegou na perna de Dilon, bateu na trave e voltou nas mãos do goleiro Fofão. Só aos 16 é que o Atlético conseguiu o empate. Dilon chutou de longe uma bola que parecia não ter perigo, mas o gol saiu no cantinho, após tocar a trave: 1 a 1.

Nem deu tempo para comemorar. Dois minutos depois o Castelo passava de novo à frente do placar. Lê chutou forte e cruzado pelo lado esquerdo e fez 2 a 1.

O empate de Edu, do Atlético, logo aos 30 segundos da segunda etapa colocou ainda mais fogo no jogo. Ninguém queria perder e todas as divididas pareciam tirar faíscas.

Aos 3 minutos Tom achou Di no pé da trave para fazer 3 a 2 Castelo. Na saída de bola Dilon não deixou o Castelo respirar e empatou o jogo de novo.

Cabeça fez o quarto do Castelo aos 7 minutos, mas o Atlético conseguiu empatar e virar o jogo com Barth, aos 10, e Edu, aos 11. Um minuto depois, Tom carimbou o travessão do Atlético. O jogo era “lá e cá”. Tom coroou sua bela atuação com um novo empate, aos 15 minutos: 5 a 5.

Tamanha igualdade dentro de quadra só poderia ser desfeita na decisão por pênaltis. E até ali os times não erravam. Cabeça, Claytinho, Tom, Di, Binho Sensível e Dhor converteram todas as cobranças para o Castelo. Pelo lado do Atlético marcaram Alemão, Barth, Edu, Douglas e Pastel. Dilon, autor de dois gols no tempo normal e três no campeonato, desperdiçou e deu a vaga ao Castelo nas semifinais.

Ficha Técnica

Castelo 5 (6) X (5) 5 Atlético do Cangaíba

Domingo, dia 6 de fevereiro, 12h
Ginásio João do Pulo
Cartões amarelos: Claytinho, 4min 1t, e Lê, 15min 1t (Castelo); Pastel, 19min 1t, e Diogo, 12min 2t (Atlético)
Gols: Tom, 3min 1t (1-0); Dilon, 16min 1t (1-1); Lê, 18min 1t (2-1); Edu, 30seg 2t (2-2); Di, 3min 2t (3-2); Dilon, 3min 2t (3-3); Cabeça, 7min 2t (4-3); Barth, 10min 2t (4-4); Edu, 11min 2t (4-5) e Tom, 15min 2t (5-5)
Decisão por pênaltis: Castelo (Cabeça, Claytinho, Tom, Di, Binho Sensível e Dhor); Atlético (Alemão, Barth, Edu, Douglas e Pastel)

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: